Ninguém Consegue Saber o que o Calado Deseja

Desde a criação do Universo com a chegada de nós Seres de Luz vivendo em corpos tridimensionais como Seres Humanos, fomos dotados da condição da fala. Do poder da palavra para que de alguma maneira pudéssemos expressar não só nossos desejos, como também poder interagir e nos integrar entre nossos pares.


Comunicar é parte importante da vida, sendo que desde o nascimento exerce um papel fundamental na interação entre todos nós semelhantes.

Assim como intitulei esse artigo “Ninguém Consegue Saber o que o Calado Deseja”, é de vital importância em nossas vidas que possamos desenvolver cada vez mais a nossa comunicação expressada através da fala, até que em um tempo não muito distante, se consolide a nossa comunicação através da Telepatia.

No entanto por enquanto necessitamos exercitar a cada dia com maestria nossa comunicação.

Em sua grande maioria, quem faz uso do silencio ou desenvolve o habito de calar, esta relacionado diretamente com a falta de coragem em se posicionar ou assumir compromissos que envolvam o lado emocional pessoal.


Diante da eminência da vulnerabilidade muitos preferem se omitir da expressão de verbalizar o que ou como se sente.

Seja na vida pessoal, junto a família, na sociedade, ou no ambiente profissional, a comunicação tem um papel prioritário e de fundamental importância para que possamos:

  • Comunicar nossos desejos, ideias, pensamentos

  • Compartilhar informações de vital importância para o crescimento e desenvolvimento de equipes, seus gestores e lideres

  • A comunicação no ambiente empresarial é responsável pelo crescimento da empresa, e principalmente no processo de inovação, onde obviamente a falta de uma comunicação mais efetiva acaba por prejudicar a eficácia da comunicação em si. A resultante passa a ser equipes mais criativas, colaboradores mais unidos em um clima organizacional mais harmônico e colaborativo, onde todos coadunam na mesma direção com objetivos claros e definidos.

  • Quando o assunto é comunicação em família, podemos observar que no momento em que esse processo esta falho sentimos a dificuldade no entendimento entre pais, filhos parentes e agregados. Conflitos no entendimento e compreensão do que realmente desejamos dizer com o que realmente é interpretado entre todos.

Desarmonia, brigas, falta de entendimento, afastamento, somatização de doenças no corpo fisico, brigas constantes por pontos de vista em desacordo com as opiniões pessoais, são reflexos de que não está ocorrendo na pratica uma efetiva comunicação

  • A falta ou falha de comunicação no relacionamento entre cônjuges, resulta na fala de objetivos definidos de vida, tanto pessoais quanto do casal, ausência de planejamento futuro, brigas constantes por motivos fúteis ou de baixa relevância, e em muitos casos o silencio passa a pairar, num relacionamento de insatisfação velada onde o que realmente tem importância não é abordado.

Desejo aqui relacionar alguns pontos importantes para reflexão sobre o tema e sua importância em nosso cotidiano:

  • Observar como falamos e o tom de voz é mais representativo e importante do que efetivamente falamos. Darmos atenção ao sentimento embutido atrás das palavras.

  • Uma comunicação simples e direta sempre traz melhores resultados.

  • Um casal muitas vezes precisa aprender a se comunicar um para com o outro, para que assim comecem efetivamente e se entender.

  • Tomarmos consciência do resultado que desejamos com o que estamos falando. Onde desejamos chegar?

  • Qual o objetivo da fala?

  • Termos clareza mental e presença no momento presente aqui e agora é fundamental para que haja harmonia e entendimento entre os envolvidos.


Comunicar-se esta ligado ao principio do auto conhecimento, entender nossas próprias emoções, e porque reagimos ou falamos o que falamos da forma ou maneira que falamos.